Um lado do seu corpo é diferente do outro? Entenda a assimetria muscular

Por - 16 de setembro de 2013

coluna tales

Você finalmente decide começar a treinar e é avisado que deve passar por uma avaliação física, até aí tudo bem, mas logo o examinador te passa alguns resultados e entre eles: “Seu lado direito está mais alto que o esquerdo ou maior em certa região!”. E agora?

“Isto é comum? Será que apenas eu tenho isso? Vou ter que fazer plástica para resolver este problema?”.

Primeiramente, essas diferenças são causadas pelas assimetrias musculares. E o que é isso? Todos nós temos simetria bilateral – ou seja, um lado direito e um esquerdo – quando os dois lados são iguais nosso corpo está simétrico, mas quando ocorrem diferenças entre os lados este se encontra em assimetria.

As diferenças ocorrem por algumas razões, exemplos disso são usar mais o lado do corpo onde você tem mais destreza, como chutar uma bola, e a mão que você usa para escrever. Mas não se preocupe! Todas as pessoas tem algum tipo de assimetria muscular entre os lados direito e esquerdo do corpo. Normalmente, isso pode ser visto em maior ou menor grau, um exemplo disso, ocorre quando alguém se acidenta e imobiliza, por certo tempo, membros fraturados, na perna ou no braço. Essa imobilização faz com que a pessoa tenda a mexer, muito pouco ou nada, aquela área específica. Dessa forma, aquele membro tem diminuído ou atrofiado os músculos envolvidos, somente pela falta de uso. Além ainda do fato da maior utilização do lado oposto para compensação gerar maior desnível de força e maior assimetria.

Muitas pessoas conseguem ver isso em relação ao lado do corpo que frequentemente utiliza. Isso ocorre devido a uma maior solicitação deste lado do seu corpo em relação ao lado oposto que propiciará uma desigualdade de simetria. Também podemos acrescentar motivos genéticos para está desigualdade. E esta disparidade pode ser tanto de força (ter maior força em um braço) quanto de circunferência (ter um braço maior que o outro), mas não fique neurótico, pois pequenas diferenças são normais e aceitáveis, o que não podemos aceitar são diferenças grandes, por exemplo, de 3 cm ou mais, daí deve-se procurar um orientador físico para corrigir este problema.

coluna tales2

Como atenuar a Assimetria Muscular:

O recomendado para diminuir essas assimetrias são utilizar exercícios que trabalham cada lado de maneira individual, ajudando a forçar o lado menos desenvolvido. Usando o mesmo peso para ambos os lados, a diferença de força e o tamanho vão se tornando aos poucos menores. Claro que devemos fazer o mesmo número de repetições para ambos os lados, de forma com que o lado esquerdo trabalhe tanto quanto o lado direito.

Uma dica para quando for fazer exercício unilateral é começar pelo lado de maior dificuldade de execução das repetições, assimilar o melhor peso e depois com o mesmo peso realizar o outro lado do corpo.

Existem cuidados que devem ser cuidados e não se enganar com falsas possibilidades de corrigir a assimetria, como por exemplo:

* Utilizar pesos diferentes para corrigir o problema
* Fazer mais repetições de um lado (mais fraco)
* Realizar uma série a mais (lado mais fraco)

É importante que seja feita uma avaliação médica preventiva, principalmente ortopédica, para que sejam sanados possíveis problemas na coluna que desencadeiem assimetria dos membros. Consulte, também, um profissional da educação física e/ou fisioterapeuta dependendo de cada caso, para que este avalie sua composição física e a melhor maneira de praticar o treino.

Bons treinos e até semana que vem!

** Thalles Trivelato (@thallesmt) é profissional de Educação Física, incentivador da qualidade de vida e da saúde, preza por aproveitar o tempo livre com qualidade e cuidando sempre do corpo e da mente. Escreve no Bhaz aos domingos sobre entretenimento, esportes e dicas de saúde.

Comentários