Homem é assassinado na Via Expressa após perseguir motorista que provocou batida

Por - 17 de janeiro de 2014

A Polícia Civil de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, vai investigar o assassinato de um homem, de 32 anos, morto a tiros na Via Expressa da cidade, na noite dessa quinta-feira (16). O crime ocorreu depois que Eduardo Wagner dos Santos Pereira perseguiu o motorista de uma Hilux que bateu no Honda Civic dele e fugiu.

De acordo com a Polícia Militar (PM), moradores do bairro Água Branca entraram em contato informando que um um tiroteio havia ocorrido na Via Expressa. Os policiais foram até a região e encontram Eduardo caído com vários ferimentos. Diante da situação, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a vítima morreu momentos antes de receber atendimento. Testemunhas contaram que o Eduardo cercou a caminhonete, desceu do carro em que estava, e foi baleado pelo menos cinco vezes, ao chegar perto do veículo.

O atirador não foi detido, já que fugiu com a ajuda de outro motorista que foi até o local. No entanto, câmeras de segurança de duas empresas devem ajudar a Polícia Civil a identificá-lo. Além disso, as imagens mostram que o homem responsável pela morte de Eduardo dirigia um veículo roubado na Capital, o que pode facilitar ainda mais o trabalho da corporação. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios de Contagem.

Comentários